domingo, 15 de junho de 2014

Aécio e a Convenção



  O Senador por Minas Gerais, Aécio Neves - PSDB, teve sua candidatura homologada neste sábado, dia 14 de junho, em Convenção Nacional ocorrida no Estado de São Paulo. 
  O ponto alto do encontro foi a conquista da unidade partidária em torno do seu nome, Aécio, contou com a presença do ex- Presidente, Fernando Henrique Cardos e dos últimos postulantes ao cargo de presidente pelo seu partido - José Serra e Geraldo Alckmim, atual Governador de São Paulo.
  Estiveram presentes ainda, expressivas lideranças dos demais Estados da Federação, presidentes e membros de  outras agremiações partidárias, além de prefeitos, vereadores, deputados, senadores e governadores.
  Aécio Neves proferiu um discurso emocionado, invocou a história e os ensinamentos do seu pai e do seu avô e guru político Tancredo Neves, ele não foi comedido em críticas a atual política econômica do governo federal e bateu pesado na corrupção em série comandada pelo governo petista.
  A motivação dos líderes de proa do PSDB e de partidos aliados durante o encontro, foi outro ponto que merece destaque, respaldados quem sabe, em decorrência dos recentes números apresentados pelos  Institutos de pesquisas de renome nacional, a exemplo do IBOPE e Datafolha que demonstraram o crescimento nos números de intenção de votos a favor de Aécio, além de sinalizarem um desgaste da atual Presidenta. As pesquisas apontam com uma certa margem de segurança que haverá 2ª turno para presidente nas eleições deste ano.
  Grandes Estados como: Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e o Paraná apontam um desempenho de intenção de votos favorável ao candidato tucano.
  Já nos Estados nordestinos a candidata Dilma Rousseff  aparece bem avaliada, chegando a surpreender até em Pernambuco, obtendo um empate técnico na terra natal do candidato Eduardo Campos PSB, onde até bem pouco tempo era governador e bem avaliado.
  Sabemos que as eleições ainda está um pouco distante e viveremos todas as emoções da Copa do Mundo, mas diante das manifestações populares e as pedras postas do jogo político, podemos afirmar que essa eleição promete e que teremos segundo turno, provavelmente entre Dilma x Aécio e o resultado até então é totalmente imprevisível.    

sábado, 24 de maio de 2014

SAIBA PORQUE CÁSSIO É ELEGÍVEL




 Aprendi nas bancas da Faculdade de Direito, que direito é prazo, prova e bom senso.
  Dentro deste princípio, me atrevo a versar sobre esse polêmico tema.
  O Senador Cássio Cunha Lima está no pleno gozo dos seus direitos políticos, pois está exercendo o mandato de Senador da República como representante do povo da Paraíba e seu mandato têm a duração de 8 anos, indo até 31 de dezembro de 2018. 
  Se usarmos o bom senso, só com esta informação inquestionável, qualquer cidadão vê que Cássio está apto junto aos poderes constituídos do país, principalmente a Justiça Eleitoral, para votar e ser votado. 
  É importante lembrar que ele foi afastado do Governo, enquadrado na Lei Complementar nº 64/90, em seu artigo 1º, inciso I, alínea "j" por Conduta Vedada e teve seus direitos políticos cerceados por três anos, cumprindo rigorosamente a sua pena. 
  Mas, haverá quem diga, que a Lei da Ficha Limpa não serviu para as eleições de 2010, quando Cássio foi candidato a Senador, por conta da aplicação da anterioridade da Lei, onde se verificou que as alterações do processo eleitoral, só entrariam em vigência, um ano após sua aprovação. Verdade.
  Por outro lado, a lei da Ficha Limpa em vigor tem em seu bojo o poder da retroatividade, pegando fatos não necessariamente transitados em julgado e enquadrado-os na forma da Lei.
  O Tribunal Superior Eleitoral por sua vez, teve oportunidade de apreciar vários casos semelhantes ao de Cássio, ao longo deste período, no país, criando inclusive vasta jurisprudência a seu favor e respondeu também a uma consulta feita pelo Deputado Leandro Velloso - (PMDB - GO) que é esclarecedora para o caso tela.
  O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), respondendo a consulta: considerou que o término da inelegibilidade, antes do pleito, garante o registro da candidatura, por se tratar de fato SUPERVENIENTE.   
  Portanto, podemos deduzir que será o que vai ocorrer com Cássio. Eu não discuto, nem questiono o direito dos que fazem oposição a ele, entrarem, no momento adequado, com o pedido de impugnação do seu registro, esse direito ele terá também através de sua coligação e perante os demais candidatos.
  O fato é que a cassação de Cássio (Com a aplicação da Lei da Ficha Limpa, suspendeu os seus direitos políticos por 8 anos), mas conforme entendimento do TSE, os prazos de sua aplicação começaram a contar do dia da eleição, ou seja, 1º de outubro de 2006 e sua vigência irá até 1º de outubro de 2014. Como as eleições deste ano ocorrerão no dia 5 de outubro próximo, teremos ultrapassados em quatro dias o prazo legal. 
  Para a alegria do povo da Paraíba e o desespero dos seus adversários - Cássio é Elegível!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Números da escalada da violência na Paraíba


De acordo com números do Sistema Nacional de Estatísticas em Segurança Pública e Justiça Criminal (SINESPJC) / Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp)/ Ministério da Justiça; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE; Fórum Brasileiro de Segurança Pública.


 Podemos mostrar, com segurança, a população paraibana, os números de homicídios ou latrocínios ocorridos entre os anos 2006 e 2013, E EM QUE GOVERNO, OU EM QUAIS GOVERNOS OCORRERAM A ESCALADA DA VIOLÊNCIA NA PARAÍBA.

São dados baseados em Crimes violentos, letais, intencionais; e os números de mortes são calculados à cada 100 mil habitantes. Cada ano destacamos o percentual de mortes ocorridas, trazendo números oficiais, oriundos de órgãos vinculados ao Ministério da Justiça.  

  Deixo, porém, de mencionar outros tipos de crimes, como roubo e furto por saber que os mesmos são bem mais fáceis de serem manipulados.
  O ano de 2011, primeiro ano do Governo Ricardo Coutinho, chamou-nos a atenção, pois foi nele que a violência atingiu o ápice, batendo todos os  recordes da Paraíba, o maior percentual da história, ou seja 42,7% para cada 100 mil habitantes, conforme O GRÁFICO.
  Em 2013 o percentual caiu para 32,8%, mesmo assim, o atual Governo conseguiu se manter com o maior índice histórico de homicídio e latrocínio do Estado.  

domingo, 4 de maio de 2014

PARAÍBA DEVE SAIR NA FRENTE NA DESSALINIZAÇÃO DA ÁGUA DO MAR



Os EUA é o país mais evoluído do planeta. Eles partem na dianteira em quase tudo. Estudos são feitos por cientistas em modernas universidades com abrangências em diversos setores, eles buscam novos remédios, soluções para melhorar o meio ambiente, avançam nos eletros-eletrônicos e tem hoje a melhor alternativa para dessalinizar a água do mar, transformando-a em água potável.

A falta de água potável é um problema mundial, pois 93% da água do mundo é salgada e apenas 3% serve para o consumo humano. O Brasil é um país privilegiado, tendo em vista que dispõe de 15% da água doce existente em todo mundo. No nosso país a Região Nordeste é a que mais sofre com falta desse liquido, 86,48% tem clima semi-árido.

O Governo de Lula, justiça seja feita, após dezenas de anos de indecisões políticas tomou a decisão de construir a tão sonhada Obra da Transposição. Ela atenderá, nos eixos Leste e Oeste, 12 milhões de pessoas com água de beber, nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. 

Durante as discussões sobre a viabilidade da Obra, tiveram pareceres contrários a sua efetivação, falava-se que o Rio São Francisco não comportava a retirada de um certo volume d´água, mesmo que fosse para o consumo humano.

A verdade é que ao longo dos 2700 KM de extensão, o Rio São Francisco é imensamente explorado com 06 represas que são responsáveis pelas hidroelétricas que produzem 97% da energia consumida no Nordeste e atende a uma população de 54 milhões de habitantes, além de suprir com abastecimento d`água outras dezenas de cidades através de adutoras.

Quando ocorre chuvas regulares, principalmente nos Estados de Minas Gerais e da Bahia, a situação do Rio São Francisco em termos d`água é satisfatória, mas quando não chove com regularidade, como foi o caso do ano de 2001 e nos três últimos anos, a situação fica crítica.

Israel, país encravado no Oriente Médio, há bastante tempo dessaliniza a água do Rio Mar Morto, mais salgada que a água do mar, em cem vezes, transformando-a em apropriada para o consumo humano.

A Austrália é o continente mais seco do mundo, tendo iniciado a dessalinização da água do mar pela bela cidade de Sydney e hoje retira diariamente, só para aquela cidade, 250 milhões de galões de água potável e tem usinas de dessalinização em outras cinco cidades daquele país.

Proponho que o Estado da Paraíba saia na frente, construindo a primeira Usina Pública de Dessalinização da Água do Mar no Brasil, não pela vaidade de ser pioneira, mas por pura necessidade, poderemos buscar as tecnologias já existentes e recursos do Governo Federal e de Instituições Internacionais.  

sexta-feira, 25 de abril de 2014

BEM - PB

Conheça o Projeto que proponho para substituir a Operação Manzuá, tratá-se do BEM-PB. 
Para ilustrar o projeto BEM- PB utilizo aqui a propaganda da Montreal Seguros, na íntegra evidentemente que na implantação do programa teremos ações complementares.
 http://youtu.be/-ax_t_TLO3Q
Estou apresentando a sociedade paraibana, de forma inédita, uma ideia que será transformada em projeto e que visa na prática suceder a extinta operação Manzoá. Utilizando tecnologia avançada, a BEM-PB Barreira Eletronicamente Monitorada da Paraíba- é uma barreira policial com parada obrigatória de veículos e com monitoramento a distância. Elas deverão ser instaladas nas saídas e entradas das rodovias Estaduais e Federais do nosso Estado, suas estruturas devem conter câmaras, luzes, cancelas e auto-falantes. Essas unidades poderão ser edificadas nos locais das antigas Manzoás inicialmente; o objetivo desse serviço é realizar fiscalizações de veículos monitorando-os a distância e cadastrando suas placas, suas características, além de filmar o condutor do veículo e os seus passageiros. Sendo esta parada obrigatória com mínimo de duração e será exigido apenas o baixamento dos vidros laterais do carro, como também, caso seja noite, o condutor terá que acender a luz interna do mesmo. Já os condutores de motos, terão que retirar o capacete, juntamente com seu carona. Finalizando informo: quando se tratar de veículo irregular, com condutor e/ou passageiros suspeitos, a Central de Monitoramento a distância passará um rádio para a unidade policial mais próxima, Polícias: Rodoviária Federal, Rodoviária Estadual, Militar e Civil; objetivando que seja feita a abordagem do veículo suspeito. Detalhe: de surpresa. Observação final: apresentei a nossa ideia ao futuro Governador Cássio Cunha Lima e o mesmo aprovou a iniciativa. 

domingo, 6 de abril de 2014

A REALIDADE DAS PESQUISAS

Sucessão na Paraíba

 Estamos exatamente há 6 meses das eleições, e nos últimos dias foram divulgadas três pesquisas de intenção de voto. Me fixei apenas nos números da sucessão estadual e achei por bem mencionar somente os nomes e números de intenção de voto e rejeição dos três principais candidatos ao cargo de Governador da Paraíba.

 Esses Institutos registraram suas pesquisas no TRE, sob os seguintes números: 6 Sigma 00003/2014, Consult 00002/2014 e IPESP 00004/2014, observamos ainda, que há uma certa semelhança entre os números colhidos. Trabalhei com os questionários de consulta estimuladas, aqueles em que são mencionados os nomes dos prováveis postulantes.

 O atual Governador da Paraíba Ricardo Coutinho, teria teoricamente a seu favor, por conta do cargo que exerce uma aparição privilegiada na mídia e abocanharia com isso uma generosa simpatia de parcela da população. No entanto, isso não tem ocorrido, o que se vê é o Chefe do Executivo Estadual com um desempenho sofrível nas pesquisas de intenção de voto e um alto índice de rejeição aferidos através das pesquisas em todas as regiões do Estado. 
 Destacamos, de forma ainda mais acentuada os números de Campina Grande, onde crava a rejeição do Governador em 27%, somando-se a eles mais 10% dos que não votariam em nenhum dos candidatos.  Ricardo Coutinho, totaliza 37%, de rejeição ou seja, em cada dez eleitores campinenses, quase quatro, não votaria nele de jeito nenhum. 
  
 Observando o desempenho do Senador Cássio Cunha Lima, verificamos que o mesmo tem o que comemorar, porque até na Capital do Estado, onde teoricamente ele teria um menor desempenho eleitoral, o mesmo tem um empate técnico com o Governador Ricardo Coutinho e em relação ao item rejeição, ele figura com a menor porcentagem dos três isso em nível estadual.

 O ex-Prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, pela primeira vez postula uma eleição majoritária em nível Estado, portanto leva uma desvantagem diante dos candidatos acima mencionados figurando com a menor porcentagem de intenção de voto e sendo o segundo mais rejeitado.
Veja os números das pesquisa divulgadas - intenção de voto, rejeição e ainda a média extraída das três consultas populares. 


                           PORCENTAGEM DE VOTOS ESTIMULADOS                 

INSTITUTOS       CÁSSIO             RICARDO             VENEZIANO            
6SIGMA                   43,5                      22,5                            14,3                     
IPESP                       43,0                      23,0                            11,0                     
CONSULT                40,8                      23,9                            12,1                     
MÉDIA                    42,4                     23,1                            12,4                      


                                         PORCENTAGEM DE REJEIÇÃO                          

INSTITUTOS       CÁSSIO             RICARDO             VENEZIANO            
6SIGMA                   12,7                      19,3                            11,3                     
IPESP                       16,0                      27,0                            22,0                     
CONSULT                11,5                     21,8                            17,3                      
MÉDIA                    13,4                     22,7                            16,8                      

quinta-feira, 20 de março de 2014

Leite Derramado



 Venho acompanhando as costuras feitas, visando as coligações partidárias para as eleições de 2014. Para mim, não foi surpresa alguma o divórcio entre o Senador Cássio Cunha Lima e o Governador Ricardo Coutinho. Ao longo de 36 meses, Cássio, se transformou em uma caixa de ressonância  das reclamações advindas de, representantes de classes, entidades da sociedade organizada, representantes de servidores públicos deste Estado e da classe política de modo geral, todos, unissonamente falavam da forma ditatorial e grosseira com que o Governador os tratavam.

  O Governo de Ricardo Coutinho, apesar de aqui, acolá ter seus acertos, se perdeu na coisa mais elementar, o trato com o ser humano!
 Agora, ao chegar aos últimos 10 meses de sua gestão e com o desafio de uma reeleição, ele muda o "modus operandi" se tornando um pouco mais flexível e até agradável, coisa muito comum de se ver em políticos em tempos de eleição, porém, os estragos já foram feitos, ou seja, o leite foi derramado.
A Ricardo resta usar a tinta da caneta e a força da máquina, leia-se: nomeações, demissões, ordens de serviços, convênios e as famigeradas promessas, visando com isso, reverter o quadro, o que convenhamos, trata-se de uma tarefa hercúlea.

  A conquista do Vice-Governador Rômulo Gouveia para o seu grupo de aliados, assegurando a ele a vaga de Senador, de momento, foi recebida como uma jogada de mestre, mas com o passar dos dias e o baixar da poeira estamos vendo que onde Rômulo poderia somar mais para a eleição de Ricardo Coutinho que era Campina Grande, isso não ocorrerá, por vários motivos: a desvinculação do voto, a força eleitoral de Cássio e a candidatura de outro campinense, Veneziano Vital do Rêgo. É verdade, que Rômulo tem uma boa aceitação no eleitorado de Campina, mas é real também, que esse eleitorado se concentra em sua absoluta maioria vinculado ao Pré - candidato a Governador, Cássio Cunha Lima, com isso podemos afirmar que Rômulo terá uma certa quantidade de votos para senador, ao contrário do que era esperado pelo atual Governante, esses votos virão em forma de dobradinha, feita espontaneamente pelo povo, com o pré- candidato Cássio Cunha Lima.  

   Assim, verifico que em se mantendo a chapa Ricardo, governador e Rômulo, senador, a diferença de votos pró Rômulo em Campina, em relação a votação que Ricardo Coutinho obterá será um pouco maior.